Tunísia: Assassinados três dirigentes do principal grupo extremista tunisino

Ministro do Interior, Najem Gharsalli (Foto: D.R)

Túnis – Três dirigentes da Falange Okba Ibn Nafaa, principal grupo extremista armado tunisino, figuram entre as cinco pessoas abatidas na sexta-feira na região de Gafsa, centro do país, anunciou o ministro do Interior, Najem Gharsalli.

Ministro do Interior, Najem Gharsalli (Foto: D.R)
Ministro do Interior, Najem Gharsalli (Foto: D.R)

Os tunisinos Murad Gharsalli e Hakim Hazi e o argelino Lunis Abu Fath, procurado pelas autoridades argelinas desde 1994, são os três dirigentes extremistas mortos na operação conduzida na sexta-feira.

A Falange Okba Ibn Nafaa, o principal grupo armado tunisino e facção da Al-Qaeda no Magreb Islâmico (AQMI), reivindicou vários ataques contra as forças armadas tunisinas na zona fronteiriça entre a Tunísia e a Argélia desde o final de 2012.

Segundo as autoridades tunisinas, o grupo também é responsável pelo atentado contra o museu do Bardo, a 18 de Março (22 mortos), apesar de o ataque ter sido reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA