Síria: Enviado da ONU denuncia bombardeamento de civis em Zabadani

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

O exército sírio volta a ser acusado de utilizar as devastadoras “bombas barril” contra zonas civis.

O enviado especial da ONU para a Síria denunciou ontem os meios utilizados pelos militares sírios, apoiados pelos aliados do Hezbollah libanês, para recuperar o controlo da cidade de Zabadani.

Desde há vários dias que o centro da localidade, junto à fronteira com o Líbano, se encontra sitiado pelas forças fiéis ao presidente Bashar Al-Assad.

A ONU acusa igualmente os rebeldes islamitas de visarem as populaçoes civis.

“O enviado da ONU cita fontes credíveis que confirmam a utilização de um grande número de ‘bombas barril’. Os rebeldes do “exército da conquista” retaliaram disparando rockets e morteiros contra duas aldeias perto de Idlib: Al Foua e Kefraya, onde um grande número de civis se encontra encurralado”.

A aliança de vários grupos rebeldes encontra-se neste momento sitiada nas zonas residenciais do centro de Zabadani, quando há notícia de combates de rua.

Damasco ambiciona uma vitória na cidade, depois de derrotas sucessivas no norte do país, num conflitpo que já provocou mais de 230 mil mortos desde 2011. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA