Sendys alarga presença em Moçambique

(OJE)
(OJE)
(OJE)

A tecnológica portuguesa Sendys, a mais antiga software house nacional, está a reforçar o investimento no mercado moçambicano, com a abertura de dois novos escritórios em Tete e Beira.

A tecnológica dá ainda nota, em comunicado, que iniciou operações em Moçambique há 10 anos, com criação da sede em Maputo, sendo que atualmente, tem uma equipa de 12 pessoas, presença direta em três regiões e 35% do seu volume de negócios é gerado em Moçambique. Acresce ainda o dado que 2015 está a ser o melhor ano de sempre nesse mercado, com um crescimento no primeiro semestre na ordem dos 13%.

“A visita de Estado do Presidente de Moçambique a Portugal, na passada semana, é reveladora da importância que Portugal representa para os interesses futuros do país africano. Moçambique é uma economia em franco crescimento e continuam a existir oportunidades para as empresas portuguesas. No caso concreto da Sendys, o nosso crescimento tem sido muito sustentado e justificado pelo acompanhamento a empresas nacionais que iniciam operações no mercado moçambicano. Acreditamos que esta visita de Estado vai despertar, ainda, mais, o interesse dos empresários e gestores portugueses relativamente a Moçambique”, explica Fernando Amaral, managing partner da Sendys.

Sendys é um software de gestão inteiramente concebido e desenvolvido em Portugal. Com uma história de 30 anos no mercado português, a Sendys tem vindo a implementar uma vasta estratégia de internacionalização e está já presente em Angola, Moçambique, Brasil e Cabo Verde, contanto com mais de 10 mil instalações em diversos sectores de atividade. (oje.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA