São Tomé e Príncipe: Cidadão francês condenado por violação de menores

Bandeira de Sao Tomé e Príncipe (Foto: Vlajky.org)

São Tomé – O cidadão francês Louis André Hen, acusado de abuso e violação sexual de menores, foi condenado por um tribunal de primeira instância são-tomense a 25 anos de prisão efectiva, soube-se segunda-feira de fonte judicial.

Bandeira de Sao Tomé e Príncipe (Foto: Vlajky.org)
Bandeira de Sao Tomé e Príncipe (Foto: Vlajky.org)

Com Louis André Hen foram igualmente condenadas duas cúmplices, a sua amante Rosalita Semedo (44 anos) e a empregada do casal Ermelinda Jean (57 anos), a quatro e três anos de prisão efectiva, respectivamente, para além de indemnizarem às vítimas.

De 76 anos de idade e residente no arquipélago desde 2007, o cidadão francês foi julgado por 143 crimes de abuso sexual e violação de menores que lhe valeram, além da pena máxima de prisão, uma indemnização às ofendidas cujo montante não foi revelado, e deverá abandonar o arquipélago após cumprir a pena.

Ficou provado em tribunal que réu abusou sexualmente quatro menores com idades compreendidas entre 10 e 14 anos, tendo consumado ato sexual com uma das vítimas.

Em 2012, Louis André foi condenado por crime de atentado ao pudor e violação de menores. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA