Registo de Memórias: Holden Roberto

Holden Roberto (wikipedia.com)
Holden Roberto (wikipedia.com)
Holden Roberto (wikipedia.com)

Holden Roberto (São Salvador do Congo, 12 de Janeiro de 1923 — Luanda, 2 de Agosto de 2007) foi um dirigente nacionalista angolano. Iniciou a sua actividade política em 1954 com a fundação da União dos Povos do Norte de Angola (UPNA), mais tarde designada UPA.

Era filho de Garcia Diasiwa Roberto e Joana Lala Nekaka. Apesar de nascido em São Salvador do Congo (actual M’Banza Kongo) em Angola, foi com a família para Leopoldville (actual Kinshasa, República Democrática do Congo) com apenas 2 anos, onde regressou apenas em 1951. Em 1940 conclui o liceu numa escola de uma missão Baptista, tornando-se funcionário do ministério das finanças da Bélgica em Stanleyville (actual Kisangani, República Democrática do Congo), cargo que manteve durante 8 anos.

Em 1962 criou a Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), da qual se tornou presidente. Seria esta organização que viria a constituir o Governo Revolucionário de Angola no Exílio (GRAE).

Quando Portugal concede a independência a Angola, o MPLA com o apoio de militares cubanos, derrota a FNLA de Holden Roberto e constitui o primeiro governo de Angola.

Nas primeiras eleições livres angolanas, realizadas em 1991, Holden Roberto, que até então não pudera viver em Angola, foi candidato à Presidência da República obtendo apenas 2,1% dos votos validamente expressos. (wikiupedia.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA