Procura por combustíveis acelera apesar de preços mais altos

(jornaldenegocios.pt)
(jornaldenegocios.pt)
(jornaldenegocios.pt)

Tanto a gasolina como o gasóleo estão a registar uma maior procura, mas é o “diesel” que se destaca. Isto num contexto em que os valores de venda dos combustíveis estão a subir, tanto em Portugal como no resto da Europa.

O consumo de combustíveis continua a aumentar. A procura tanto de gasolina como de gasóleo acelerou no último mês, crescendo igualmente no acumulado do ano, segundo dados da ENMC. Uma evolução positiva apesar do agravamento das cotações nos mercados internacionais que tem levado a uma subida dos valores de venda de ambos os combustíveis nos postos de abastecimento nacionais.

“Em Junho de 2015, o consumo mensal de combustível (considerando gasolina e gasóleo) aumentou 5,7% face ao mês homólogo de 2014”, diz o relatório mensal da Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis (ENMC). E aumentou “3,2% quando comparando o consumo do primeiro semestre de 2015 com o primeiro semestre de 2014″, acrescenta.

Segundo a ENMC, o consumo anual acumulado, que considera os meses de Janeiro a Junho”, aumentou em 3,6% face ao período homólogo, no caso do gasóleo, ascendendo a 2,25 milhões de toneladas. “O consumo da gasolina aumentou 1,3%” face ao mesmo período do ano passado, ascendendo a 522 mil toneladas. O “diesel” representa, assim, 81% do total do mercado.

Esta evolução positiva é explicada pela retoma da economia, que leva a aumento da procura. Isto apesar do contexto de preços não estar a ser favorável. O preço médio de venda ao público do gasóleo e gasolina, em Portugal, regista um aumento dos preços desde o arranque do ano. “Verificamos um aumento no preço de 9,9 cêntimos por litro (8,7%) no gasóleo e de 20,9 cêntimos (15,9%) na gasolina entre a média de Janeiro e Junho de 2015”.

Gasóleo abaixo da média

“O preço de venda do gasóleo rodoviário em Portugal tem acompanhado a média verificada na União Europeia, encontrando-se sempre abaixo no período analisado”, diz a ENMC. Já no caso da gasolina verifica-se um comportamento inverso, com o preço deste combustível a apresentar variações mais expressivas que nos restantes países.

“Entre o início do ano de 2015 e o final do mês de Junho, o preço do gasóleo em Portugal aumentou 10,3 cêntimos (8,9%), estando 2,6 cêntimos acima da variação do preço médio da União Europeia e 2,1 cêntimos abaixo da Zona Euro”, diz a entidade liderada por Paulo Carmona.

Já o “preço de venda da gasolina em Portugal tem apresentado variações mais acentuadas que a média verificada na União Europeia, encontrando-se mais elevado desde o dia 12 de Janeiro de 2015. Entre o início do ano de 2015 e o final do mês de Junho, o preço da gasolina em Portugal aumentou 21 cêntimos (15,8%), estando 4,8 cêntimos e 5,9 cêntimos acima da variação do preço médio da União Europeia e Zona Euro, respectivamente”, conclui. (jornaldenegocios.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA