Polícia reitera apelo aos cidadãos para evitarem reagir às acções dos meliantes

Logo da Policia Nacional de Angola (cgpn.gov.ao)
Logo da Policia Nacional de Angola (cgpn.gov.ao)
Logo da Policia Nacional de Angola (cgpn.gov.ao)

O sub-inspector Euler Matari, do Gabinete de Comunicação e Imagem do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN), reiterou hoje, sexta-feira, o apelo aos cidadãos da urbe luandense, no sentido de não reagirem caso sejam abordados por meliantes.

Em declarações à Angop, quando apresentava as ocorrências das últimas 24 horas em Luanda, o oficial apelou os citadinos para apenas fixarem as características dos mesmos e em seguida participar numa esquadra mais próxima.

No período em análise, segundo o oficial, foram registados 13 crimes, sendo violação, tentativa de violação, danos materiais, furto, posse e venda de estupefaciente e fraude nas vendas.

Por suspeita de cometimento de crimes, Euler Matari informou que a Polícia deteve 23 pessoas, dos quais 19 nacionais e quatro estrangeiros, bem como recuperou uma arma de fogo, 100 gramas de droga do tipo canabis e uma botija de gás de cozinha.

Na segurança rodoviária, foram registados cinco acidentes de viação, com o resultado de três mortes, quatro feridos, danos materiais avaliados em 600 mil kwanzas, apreendidas 18 viaturas, 208 motorizadas e aplicadas 232 multas por várias transgressões ao código de estrada.

Com uma população estimada em mais de seis milhões de habitantes, fazem parte desta província os municípios de Luanda, Cazenga, Cacuaco, Viana, Belas, Icolo e Bengo e Quiçama. (portaloangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA