Polícia de Trânsito regista aumento de mortes nas estradas no fim-de-semana

Viatura acidentada no Lubango, Huíla (Foto: Morais Silva)
Viatura acidentada no Lubango, Huíla (Foto: Morais Silva)
Viatura acidentada no Lubango, Huíla (Foto: Morais Silva)

A Polícia de Trânsito registou, no fim-de-semana, em diversas estradas do país, 62 acidentes de viação, tendo resultado em 46 mortos e 32 feridos, mais onze mortes em relação ao mesmo período anterior.

O porta-voz do Comando geral da Polícia Nacional (CGPN), comissário Aristófanes dos Santos destacou na província de Benguela, município do Lobito, Bairro Santa Cruz, uma colisão entre duas viaturas de transporte de passageiros que causou onze feridos, em estado greve. O acidente foi causado por falta de prudência e excesso de velocidade.

Apontou ainda como causa dos acidentes rodoviários a condução em estado de embriagues, mau estado técnico de viaturas, fraca iluminação pública e pouca prudência por parte de peões tendo como consequência, os atropelamentos, choques entre veículos e motociclos e em obstáculos fixos.

Foram aplicadas mais de 500 multas com o destaque por parar e estacionar em locais proibidos, pisar a linha continua, ultrapassagens irregulares, desobediência ao sinal de paragem e mau estado técnico de viaturas. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA