Planageo identifica novas áreas de exploração mineira

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

O levantamento geológico ficará concluído até 2017, com a identificação e localização dos depósitos de minerais para posterior disponibilização a potenciais investidores, segundo o ministério da Geologia e Minas

Novas áreas com potencial para exploração mineira foram identificadas nas províncias da Huíla, Huambo, Cuando Cubango, Cuanza Norte e Cuanza Sul, anunciou recentemente na cidade do Lubango, província da Huíla, o ministro da Geologia e Minas.

O ministro Francisco Queirós disse que durante a primeira fase de levantamento geológico, já concluída, foram identificadas “anomalias minerais”, que irão merecer uma avaliação mais pormenorizada na segunda etapa do Plano Nacional de Geologia (Planageo).

“Uma vez identificadas as anomalias passa-se à fase seguinte, em que os aviões vão sobrevoar essas zonas em malhas cada vez mais apertadas para que se possam recolher dados mais fiáveis”, disse o ministro, acrescentando que os geólogos irão posteriormente recolher amostras para análise laboratorial.

Francisco Queirós garantiu que o levantamento geológico de Angola ficará concluído até 2017, com a identificação e localização dos depósitos de minerais para posterior disponibilização a potenciais investidores.

O Planageo integra também todos os subprogramas deste tipo de levantamento cartográfico, nomeadamente os relativos às especialidades de geofísica, geoquímica, geologia, geotecnia, hidrogeologia, construção de laboratórios e formação de quadros.

Dados oficiais indicam que o PLANAGEO é um documento basilar para a Estratégia Global Nacional de Desenvolvimento Mineiro, tem carácter propositivo e certamente, em função do próprio dinamismo do Sector Mineiro a nível nacional e mundial, será no futuro, objecto de alguns desdobramentos.

Consta ainda que o mesmo deve ser percebido e tratado como um instrumento dinâmico, fundamental para se atingir o desenvolvimento sustentável do País, mediante o aproveitamento e a gestão harmoniosa dos seus recursos minerais.

O Planageo visa, entre outros objectivos, relançar e dinamizar o Sector Mineiro a nível do País, mediante a diversificação da produção mineira e o aumento das fontes de receitas, simultaneamente com o incremento da produtividade e da operacionalidade das instituições e/ou órgãos que dele fazem parte.

Entretanto o melhoramento do conhecimento da geologia e do potencial dos recursos minerais do território nacional, é o outro desígnio, que deve passar pela reestruturação e capacitação do Instituto Geológico de Angola e a execução do seu respectivo Plano de Desenvolvimento de Recursos Humanos a ser aprovado com autosuficiência alimentar, com capacidade para abastecer outros mercados, sobretudo de Luanda. (semanarioeconomico.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA