“OGE angolano é almofada suficiente para acomodar acordo com Irão” (áudio)

Carlos Rosado Carvalho (EXPANSÃO)
Carlos Rosado Carvalho (EXPANSÃO)
Carlos Rosado Carvalho (EXPANSÃO)

Angola poderá sofrer implicações devido ao acordo nuclear do Irão, mas a revisão do Orçamento Geral do Estado 2015 pode ser almofada suficiente para acomodar descidas do petróleo e evitar consequências negativas para o mercado petrolífero angolano, diz economista Carlos Rosado Carvalho.

O economista diz que o mercado é imprevisível, mas tudo indica que Angola está preparada para suportar mais estas descidas, que já vinham a acontecer há algum tempo.

Carlos Rosado de Carvalho explicou também por que motivo o acordo nuclear fez descer os preços do petróleo.

“Acordo nuclear do Irão pode não afectar especialmente Angola”, economista Rosado de Carvalho

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA