Obama janta com família queniana após chegar à terra natal do pai

(REUTERS)
(REUTERS)
(REUTERS)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, jantou com a avó, a irmã e outros integrantes da família depois de chegar ao Quénia para sua primeira visita presidencial à terra natal de seu pai nesta sexta-feira.

O avião Air Force One pousou à noite na capital queniana, onde Obama vai participar de uma conferência para impulsionar os negócios na África, antes de viajar à Etiópia.

Após ser recebido pelo presidente queniano, Uhuru Kenyatta, e outras autoridades do país, Obama foi levado para a capital.

Horas antes da chegada de Obama, a polícia bloqueou as principais estradas e esvaziou ruas normalmente congestionadas na capital como parte de uma enorme operação de segurança. Na escuridão, quenianos animados se posicionaram em partes do percurso para o hotel, aplaudindo a passagem de Obama.

Já no hotel, o presidente dos EUA encontrou-se com a mulher que ele chama de “vovó”, também chamada de “Mama Sarah”, que ajudou a cuidar do seu falecido pai quando era criança. A meia-irmã de Obama, Auma Obama, e dezenas de outros membros da família também estavam presentes.

Vestindo terno e gravata, ele conversou amigavelmente com a grande família, sentada em longas mesas em um restaurante dentro do hotel onde está hospedado.

A ligação da família de Obama com o Quénia deixou a viagem, que se concentraria em questões de comércio e contraterrorismo, com contornos pessoais. Ele não deve viajar para a aldeia onde seu pai está enterrado.

O Quénia é um aliado vital do Ocidente na luta contra o grupo islâmico somali Al Shabaab, e Obama deve focar as negociações em Nairóbi na cooperação de segurança. (reuters.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA