O ano de 2015 tem sido difícil devido à diminuição das receitas do Estado, diz PR

Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos (Foto: F Miudo)
Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos (Foto: F Miudo)
Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos (Foto: F Miudo)

O Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, afirmou nesta quinta-feira, em Luanda, que 2015 tem sido um ano difícil por causa da diminuição das receitas do Estado provocada pela queda significativa do preço do petróleo bruto no mercado internacional.

Para fazer face a esta situação, nos primeiros meses do corrente ano, a direcção do Partido, o Executivo e a Assembleia Nacional aprovaram um conjunto de medidas no plano económico, social e administrativo, disse José Eduardo dos Santos na abertura da III sessão extraordinária do Comité Central do seu partido.

Segundo o também Presidente da República, graças as medidas tomadas foi possível manter a estabilidade do país e o funcionamento normal das instituições, da economia e da sociedade, apesar das dificuldades que afectam a vida dos cidadãos, das famílias e as empresas, particularmente nos sectores da saúde, da educação, e do acesso às divisas e ao emprego.

A III sessão extraordinária do Comité Central do MPLA vai apreciar e aprovar os documentos relativos à preparação e realização do 7º Congresso Ordinário do MPLA, previsto para Dezembro de 2016, e um projecto de resolução sobre o preenchimento de vagas no seu seio.

Estarão ainda em debate a proposta de metodologia geral de preparação e realização do 7º Congresso Ordinário do MPLA, o projecto de convocatória e lema do conclave, e o projecto de regimento da comissão nacional preparatória do evento.

Os trabalhos, que decorrem no Complexo Turístico Futungo II, município de Belas, deverão terminar ainda hoje. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA