O ano de 2015 tem sido difícil devido à diminuição das receitas do Estado, diz PR

Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos (Foto: F Miudo)
Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos (Foto: F Miudo)
Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos (Foto: F Miudo)

O Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, afirmou nesta quinta-feira, em Luanda, que 2015 tem sido um ano difícil por causa da diminuição das receitas do Estado provocada pela queda significativa do preço do petróleo bruto no mercado internacional.

Para fazer face a esta situação, nos primeiros meses do corrente ano, a direcção do Partido, o Executivo e a Assembleia Nacional aprovaram um conjunto de medidas no plano económico, social e administrativo, disse José Eduardo dos Santos na abertura da III sessão extraordinária do Comité Central do seu partido.

Segundo o também Presidente da República, graças as medidas tomadas foi possível manter a estabilidade do país e o funcionamento normal das instituições, da economia e da sociedade, apesar das dificuldades que afectam a vida dos cidadãos, das famílias e as empresas, particularmente nos sectores da saúde, da educação, e do acesso às divisas e ao emprego.

A III sessão extraordinária do Comité Central do MPLA vai apreciar e aprovar os documentos relativos à preparação e realização do 7º Congresso Ordinário do MPLA, previsto para Dezembro de 2016, e um projecto de resolução sobre o preenchimento de vagas no seu seio.

Estarão ainda em debate a proposta de metodologia geral de preparação e realização do 7º Congresso Ordinário do MPLA, o projecto de convocatória e lema do conclave, e o projecto de regimento da comissão nacional preparatória do evento.

Os trabalhos, que decorrem no Complexo Turístico Futungo II, município de Belas, deverão terminar ainda hoje. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA