Novos ataques do Boko Haram fazem 48 mortos no nordeste da Nigéria

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Supostos membros do grupo islamita Boko Haram mataram 48 muçulmanos que faziam sua oração da noite em duas aldeias vizinhas no nordeste da Nigéria, indicaram nesta quinta-feira um deputado desta região e testemunhas.

Na quarta-feira por volta das 20h30 (16h30 de Brasília), “atiradores do Boko Haram mataram 48 homens e feriram outros 11 no ataque contra duas aldeias” perto da cidade de Monguno, disse à AFP Mohammed Tahir.

Duas testemunhas evocaram o mesmo número de vítimas.

Os agressores chegaram de moto e camionetes nas duas aldeias, 90 km ao norte de Maiduguri, na quarta-feira às 20h30 (16H30 de Brasília), em pleno jejum do Ramadão.

“Eles seleccionaram alguns homens no meio da multidão, os reuniram e mataram a tiros, antes de incendiar as duas localidades, que foram completamente destruídas”, disse o deputado.

De acordo com o deputado, os terroristas vieram da região do lago Chade, onde os insurgentes do Boko Haram se refugiaram quando foram expulsos pelo exército de seu reduto, a selva de Sambisa, mais ao sul. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA