Novo ataque islamita no nordeste da Nigéria faz 21 mortos

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Ao menos 21 pessoas morreram na sexta-feira em um novo ataque de supostos islamitas em uma aldeia do estado de Borno, no nordeste da Nigéria, informaram neste sábado vários habitantes.

“Os terroristas atacaram Maikadiri por volta das 09h00 (05h00 de Brasília) e começaram a disparar contra cidadãos (…) Mais de 20 pessoas morreram”, afirmou Simon Templer, um habitante da aldeia refugiado em Maiduguri, a capital do estado, onde uma autoridade policial confirmou o ataque.

Os criminosos “atacaram (a aldeia) à luz do dia, porque não há soldados ou policiais perto”, explicou Markus Ali, outro habitante. “Contabilizamos 21 corpos”, disse.

“Minha mãe idosa segue escondida no mato, a maioria das pessoas da nossa comunidade fugiu e várias casas e lojas foram queimadas”, disse Templer.

A aldeia de Maikadari está no distrito de Askira, no sul do estado de Borno, perto da floresta de Sambisa, um dos refúgios históricos do grupo islamita Boko Haram.

Nos últimos meses, o exército nigeriano realizou diversos ataques para expulsar dali os islamitas e libertou dezenas de mulheres e crianças que estavam em cativeiro. Mas vários governadores do nordeste afirmaram nesta semana que o Boko Haram segue ocupando a floresta.

Os ataques cometidos pelo Boko Haram e a repressão da insurreição por parte das forças de ordem provocaram mais de 15.000 mortos e 1,5 milhão de deslocados na Nigéria desde 2009.

Uma nova explosão de violência deixou mais de 800 mortos desde a posse no fim de Maio do novo presidente Muhammadu Buhari, que converteu a luta contra os islamitas em uma prioridade de seu governo. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA