Nigéria: Atentado deixa 25 mortos na região norte do país

MAPA DA NIGÉRIA

Kano – Pelo menos 25 pessoas morreram e 32 foram feridas terça-feira, num atentado com bomba no prédio da administração local em Zaria, em Kaduna (norte da Nigéria), informou o governador do Estado.

MAPA DA NIGÉRIA
MAPA DA NIGÉRIA

“O artefacto, provavelmente carregado por um kamikaze, explodiu na sede administrativa do distrito e provocou a morte de 25 pessoas, entre elas uma criança de dois anos”, informou no Facebook o governador Nasir Ahmad el-Rufai, que mais cedo tinha anunciado um primeiro balanço de vinte mortos.

A bomba explodiu por volta de 9h00 locais no momento em que professores e outros funcionários públicos faziam fila para serem submetidos a controlos de identidade, descreveram testemunhas.

O atentado não foi reivindicado até o momento, mas o grupo radical Boko Haram é o principal suspeito.

El-Rufai, que pertence ao partido do presidente Muhammadu Buhari, disse que as pessoas devem permanecer alertas e evitar os locais muito movimentados nas próximas semanas nesta cidade de maioria muçulmana.

“Pedimos à população que informe sobre qualquer pessoas ou movimento suspeitos aos agentes de segurança, legisladores ou líderes religiosos”, afirmou.

“O governo do Estado de Kaduna trabalha com as agências de segurança federal, que estão a adoptar medidas proactivas para evitar este tipo de ataque”, completou o governador.

Outro atentado suicida foi perpetrado nomesmo dia (terça-feira), por uma mulher que desceu de um veículo para detonar explosivos perto de um posto militar localizado em Sabon Gari, no noroeste do país, matando outras quatro pessoas, relatou uma testemunha.

Na segunda-feira, uma jovem de 13 anos perdeu a vida quando detonou explosivos que carregava no próprio corpo, num ataque que não deixou outras vítimas, nas proximidades da grande mesquita de Kano, maior cidade do norte da Nigéria.

Na semana passada, pelo menos 260 pessoas morreram na Nigéria em ataques islamitas, explosões e atentados suicidas, segundo um balanço da AFP. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA