Muandumba incentiva andebolistas na despedida para africano

CHEGADA DA SELECÇÃO JÚNIOR FEMININA DE ANDEBOL APÓS CONQUISTA DO AFRICANO2013 (Foto: Alberto)

O ministro da Juventude e Desporto, Gonçalves Muandumba, incentivou nesta quinta-feira, em Luanda, as atletas da selecção nacional júnior de andebol a revalidarem o título no campeonato africano que inicia sábado no Quénia, bem como a defenderem a honra do país em ano especial.

CHEGADA DA SELECÇÃO JÚNIOR FEMININA DE ANDEBOL APÓS CONQUISTA DO AFRICANO2013 (Foto: Alberto)
CHEGADA DA SELECÇÃO JÚNIOR FEMININA DE ANDEBOL APÓS CONQUISTA DO AFRICANO2013 (Foto: Alberto)

Em declarações à imprensa, na cerimónia de despedida das detentoras do ceptro, conquistado em 2013, na RDC, o responsável aludiu às comemorações dos 40 anos de independência nacional, a assinalar-se a 11 de Novembro próximo, e pediu maior engajamento e disciplina ao grupo.

No pavilhão principal da Cidadela Desportiva, Muandumba afirmou ser Angola uma potência africana e mundial fruto do trabalho e empenho de gerações anteriores, mas alertou às jogadoras a não “adormecerem” nas vitórias do passado.

Sob orientação técnica de Pedro Neto, integram a selecção nacional Alexandra Chaca, Joana da Costa, Adalva Peres, Vilma Pelienganga, Marília Kizelete, Sueli Simão, Virgínia Afonso, Marcela Paiva, Amélia Prissila, Vivalda Patrícia, Alexandra Chumo, Helena Gilda, Natália Camalândia e Délcia Sozinha.

Além de Angola, a prova, a ser disputada em sistema de todos contra todos a uma volta, envolve apenas um grupo constituído por Angola, Egipto, Tunísia, República Democrática do Congo, Argélia e o Quénia (anfitriã).

A viagem da selecção nacional para o palco da competição acontece sexta-feira. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA