Moxico: SME repatria congoleses e zambianos

(Foto: Angop/Arquivo)
(Foto: Angop/Arquivo)
(Foto: Angop/Arquivo)

Nove cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) e da Zâmbia foram repatriados nos últimos sete dias, por tentativa de entrada ilegal, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), na província do Moxico.

Segundo o relatório semanal do comando provincial da Polícia Nacional (PN) entregue hoje sábado à Angop, no Luena, indica que seis dos nove cidadãos são da República Democrática do Congo (RDC) e três Zambianos.

Os imigrantes ilegais foram repatriados através dos postos fronteiriços do município do Luau e Mapelanga, na região pertencente aos municípios dos Bundas (Moxico).

A procura de melhores condições de vida e apetência ao lucro fácil, assim como atingir a capital do país, Luanda, para posterior afixação no país, são apontados na nota como os principais motivos das infracções migratórias.

A província do Moxico partilha mil 77 quilómetros de fronteiras com as vizinhas Repúblicas da Zâmbia e do Congo Democrático. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA