Ministro do Interior lamenta morte de seis cidadãos ocorrida com a queda de helicóptero da SONAIR

ÂNGELO DA VEIGAS TAVARES, MINISTRO DO INTERIOR (Foto: Lino Guimarães)

O ministro da Interior, Ângelo da Veiga Tavares, lamentou hoje (quinta-feira), em nota enviada à Angop, a morte dos seis cidadãos que seguiam a bordo do helicóptero da companhia aérea SONAIR, que se despenhou na província do Cuanza Sul, no passado dia 02 do corrente mês.

ÂNGELO DA VEIGAS TAVARES, MINISTRO DO INTERIOR (Foto: Lino Guimarães)
ÂNGELO DA VEIGAS TAVARES, MINISTRO DO INTERIOR (Foto: Lino Guimarães)

Nela, o ministro endereça à família enlutada, a SONAIR, INEMA e a Polícia Nacional, os mais profundos sentimentos de pesar, em nome pessoal e de todos os oficiais comissários, superiores, subalternos, agentes e trabalhadores civis do Ministério do Interior.

No documento, acrescenta que a morte dos seis cidadãos aconteceu quando, no cumprimento do dever, os mesmos efectuavam mais uma missão de socorro às vítimas da sinistralidade rodoviária na província do Cuanza Sul.

Refere que, volvidos seis dias desde as intensas buscas no sentido de resgatá-los com vida, infelizmente não foi possível. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA