Mianmar liberta milhares de prisioneiros, incluindo 210 estrangeiros

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Mianmar ordenou nesta quinta-feira a libertação de milhares de prisioneiros, entre eles 210 estrangeiros, indicou uma fonte oficial, sem especificar se tratam-se de presos políticos.

Um total de 6.966 prisioneiros serão libertados por sua boa conduta na prisão, indicou um comunicado do ministério da Informação.

Trata-se de uma nova amnistia decretada pelo governo civil, que já libertou centenas de dissidentes.

Entre os prisioneiros há 155 chineses que haviam sido condenados na semana passada à prisão perpétua por exploração madeireira ilegal e tráfico de madeira no norte do país, explicou sob o anonimato um funcionário do Interior, enquanto outro confirmou simplesmente que vários chineses formavam parte das pessoas libertadas.

Estas condenações foram acolhidas com indignação na China e o governo pediu a Mianmar que fosse razoável, num momento de crescente tensão entre os dois países vizinhos. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA