México: justiça suspende ordem de extradição aos EUA contra “El Chapo”

(AFP)
(AFP)
(AFP)

A defesa do foragido mexicano Joaquim “El Chapo” Guzmán, considerado o traficante de drogas mais poderoso do mundo, conseguiu nesta sexta-feira que um juiz federal do México suspendesse uma ordem de prisão com finalidade de extradição para os Estados Unidos, segundo um documento judicial.

Segundo o Ministério Público do México, no dia 25 de Junho, o governo americano fez um pedido formal de extradição de “El Chapo” com base na acusação de “conspiração para importar e tentar distribuir cocaína”.

Na quarta-feira, um juiz federal emitiu uma ordem de prisão contra Guzmán com finalidade de extradição, mas no mesmo dia os advogados do foragido recorreram, na tentativa de proteger seu cliente da decisão.

Nesta sexta-feira, um juizado penal concedeu à defesa de Guzmán uma suspensão da prisão com finalidade de extradição. A decisão foi publicada em uma lista de acordos do Poder Judiciário mexicano.

Isso significa que um juiz deve revisar a legalidade da ordem de prisão e decidir se a ordem de extradição procede ou não, explicou uma fonte judicial à AFP.

Guzmán se encontra foragido desde a noite de 11 de Julho, quando realizou uma fuga espectacular do presídio de segurança máxima El Altiplano, localizado a 90 km da capital mexicana, passando por túnel de 1,5 km de comprimento. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA