Manuel Rui Monteiro destaca ganhos desportivos na afirmação do país

ESCRITOR MANUEL RUI MONTEIRO (Foto: António Escrivão)

O escritor Manuel Rui Monteiro destacou hoje, quinta-feira, em Luanda, o contributo da juventude angolana, com particular realce para as andebolistas, no engrandecimento e afirmação do país no contexto das nações.

ESCRITOR MANUEL RUI MONTEIRO (Foto: António Escrivão)
ESCRITOR MANUEL RUI MONTEIRO (Foto: António Escrivão)

Em entrevista à Angop, o autor de obras como “Quem Me Dera Ser Onda” e “A Trança” apontou os exemplos do andebol feminino e do basquetebol masculino que têm dado cartas em África, de forma particular, no mundo, de forma geral.

“A juventude faz o que é possível fazer. Temos grandes exemplos da acção da juventude na afirmação de Angola. São os jovens que têm dado cartas no desporto, principalmente no andebol feminino e no basquetebol em ambas as classes”, disse.

Manuel Rui enalteceu o facto de mesmo em tempo de guerra o país ter sido campeão africano em andebol e basquetebol, modalidades que muito orgulham os angolanos.

O escritor fez igualmente referência a jovens que se têm destacado no ensino, empresariado e em outros domínios da vida política e social.

Manuel Rui, ensaísta, cronista, dramaturgo e poeta, é igualmente o autor do Hino Nacional de Angola e de canções com parceiros como Rui Mingas, André Mingas; Paulo de Carvalho e Carlos do Carmo (Portugal), Martinho da Vila e Cláudio Jorge (Brasil). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA