Líbia: Morto pescador egípcio e 15 outros detidos por Fajr Libya

MAPA DA LIBIA (Foto: Angop)

Trípoli – Um pescador egípcio nas mãos da “Fajr Libya”, uma coligação de grupos armados que controlam a capital líbia, Trípoli, e outras cidades do oeste do país, foi morto quarta-feira em condições não elucidadas, enquanto 15 outros foram detidos, noticiou nesta quinta-feira a imprensa líbia.

MAPA DA LIBIA (Foto: Angop)
MAPA DA LIBIA (Foto: Angop)

O capitão dos pescadores egípcios Kafr El-Sheikh Ahmad Nasr declarou quarta-feira que o grupo Fajr Libya deteve um barco da “Princesa Muna” que transportava 16 pescadores da aldeia de Borj Maghaizel, há cerca de 40 dias, e que um pescador da aldeia identificado por Jamal Ahmed Al-Behlaouan (31 anos) foi morto, segundo o site do jornal egípcio “Al Watan”.

Nasr não precisou as circunstâncias em que o pescador egípcio foi morto, indicando apenas que o ministério egípcio dos Negócios Estrangeiros conseguiu facilitar a chegada do corpo do pescador.

Ele sublinhou que o sindicato se recusou a divulgar a informação na imprensa antes de tomar contacto com o Ministério dos Negócios Estrangeiros para tentar facilitar o regresso dos pescadores egípcios.

O porta-voz do Ministério egípcio dos Negócios Estrangeiros, Bader Abdelati indicou estar em posse ainda de informações sobre os 15 pescadores retidos na Líbia, notando que continua com as autoridades líbias à procura de qualquer informação a seu respeito. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA