Líbia diz que não estar pronta para esclarecer causas de rapto de trabalhadores italianos em seu solo

Bandeira LIBIA (D.R)
Bandeira LIBIA (D.R)
Bandeira LIBIA (D.R)

A Líbia ainda não está em condições de determinar as causas do sequestro há dias de quatro trabalhadores italianos, perto do complexo da ENI (gigante italiano da energia), no oeste da Líbia, declarou segunda-feira em Roma (Itália) o encarregado de Negócios da Embaixada líbia na mesma cidade, Mustapha al-Rajbani.

“Milícias islâmicas em Tripoli podem estar por trás do sequestro de quatro italianos, para exercer uma pressão sobre o Governo italiano devido ao seu papel nas negociações de paz sobre a crise líbia”, disse al-Rajbani numa declaração à Agência de Notícias Italiana (Akai).

Também evocou como “probabilidades” deste rapto a questão das sanções prováveis que  poderá tomar a União Europeia (UE) contra aqueles que bloqueiem o funcionamento do diálogo sob os auspícios das Nações Unidas”. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA