Justiça alemã condena “contabilista de Auschwitz” a 4 anos de prisão

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

A justiça alemã condenou a 4 anos de prisão o chamado contabilista de Auschwitz.

Oskar Groening, hoje com 94 anos de idade, foi reconhecido culpado de cumplicidade na morte de 300 mil pessoas no campo de concentração nazi.

Sem ter participado diretamente no extermínio de prisioneiros, Groening era acusado de ter enviado o dinheiro subtraído aos detidos para Berlim.

Trata-se de um dos últimos processos relacionados com crimes nazis, quando a justiça alemã mostra-se pela primeira vez implacável com um subalterno do antigo regime.

A pena é ligeiramente superior aos três anos e meio requeridos pelo Ministério Público que afirma ter retido igualmente os diversos pedidos de desculpa de Groening.

O antigo membro das chamadas Waffen SS defendia-se afirmando ter pedido por três vezes a sua mutação para a linha da frente para escapar a Auschwitz. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA