Jacaré vira atração em pista de caminhada em município de MS

Pedestres interromperam caminhada para que o jacaré atravessasse a pista (Foto: Ricardo Ojeda/Arquivo Pessoal)
Pedestres interromperam caminhada para que o jacaré atravessasse a pista (Foto: Ricardo Ojeda/Arquivo Pessoal)
Pedestres interromperam caminhada para que o jacaré atravessasse a pista (Foto: Ricardo Ojeda/Arquivo Pessoal)

Pedestres pararam para que o réptil atravessasse a via em Três Lagoas.
Bicho não deve ser tratado como um animal doméstico, diz Secretaria.

Um jacaré-de-papo-amarelo foi flagrado enquanto atravessava uma pista de caminhada nesta semana, próximo a Lagoa Maior, em Três Lagoas, a 313 quilômetros de Campo Grande. Quem passava pela orla teve que interromper o exercício para o bicho cruzar o trecho.

O jornalista Ricardo Ojeda, de 53 anos, caminha diariamente no local e decidiu fazer uma foto quando viu o réptil. “Era exatamente 6h15 [de MS]. Eu parei e fiz a foto. Ele saiu de uma lagoa para ir até a água do outro lado da pista”, disse.

Ele relatou ao G1 que já tinha visto o jacaré, mas foi a primeira vez que o viu na pista de caminhada. “É comum ver capivara, tuiuiú e garça na Lagoa Maior. É um mini pantanal no coração da cidade”, descreveu.

De acordo com a a Secretaria de Meio Ambiente do Município, a fauna e a flora da Lagoa Maior ainda não estão sendo monitorados e o local não possui placas de orientação. Por isso, a responsável pelo departamento de Preservação, Licenciamento e Educação Ambiental da Secretaria, Ana Paula Lima, informou que é preciso cuidado ao transitar pela área.

“É importante que as pessoas quando verem um animal como esse jacaré não o trate como um um animal doméstico porque ele oferece risco. Então, nada de cutucar com pedaço de pau ou jogar pedra”, destaca.

Ela acrescentou que o município deve transformar a lagoa em unidade de preservação e a região deve ser sinalizada, mas não há data prevista para que isso aconteça. (g1.globo.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA