Itália: Presidente angolano deixa Roma com destino à Espanha em visita privada

PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS. (Foto: Pedro Parente)

Roma – O Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, deixou na manhã de hoje, quarta-feira, Roma (Itália), com destino à Espanha, onde vai cumprir uma visita privada.

PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS. (Foto: Pedro Parente)
PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS. (Foto: Pedro Parente)

No terminal militar do Aeroporto Ciampino, em Roma, estiveram a apresentar cumprimentos de despedida ao estadista angolano, os embaixadores de Angola na Itália, Florêncio de Almeida e junto da Santa Sé, Armindo do Espírito Santo, e funcionários da embaixada.

Na capital italiana (Roma), onde esteve em visita oficial de trabalho de dois dias, o Presidente angolano manteve encontros,  separados, com o seu homólogo italiano, Sérgio Mattarela, e o Primeiro-ministro deste país, Matteo Renzi, com os quais abordou aspectos de interesse comum.

Ainda na cidade de Roma, o Presidente José Eduardo dos Santos concedeu audiências a entidades italianas ligadas aos grupos empresariais e de organizações internacionais sediadas neste país.

Esta é a terceira vez que o Presidente José Eduardo dos Santos visita a Itália. A primeira foi em 1997, quando se encontrou com o então  Presidente Oscar Luigi Scalfaro e 2008, durante a Cimeira do “G8”, a convite do ex-Primeiro-Ministro Silvio Berlusconi.

A visita a Itália do Presidente José Eduardo dos Santos acontece numa altura em este país europeu realiza, em Milão, a Expo 2015, onde Angola está presente com o maior pavilhão a nível dos países africano.

Neste certame o país participa com inúmeras actividades que nutrem ainda mais a parceria entre Angola e Itália. Também está presente na Bienal de Veneza, a exposição de Arte de maior prestigio internacional.

Angola é hoje o terceiro parceiro comercial Sub-sahariano da Itália. Em 2013, o valor total de comércio entre os dois países elevou-se a 891 milhões de Euros, com 348 milhões de Euros feitos através das exportações Italianas.

A Itália foi o primeiro país da Europa Ocidental a reconhecer a independência de Angola, no dia 18 de Fevereiro de 1976, e a 4 de Junho, do mesmo ano, estabeleceram-se as relações diplomáticas entre os dois Estados.

As relações de cooperação existentes entre Angola e a Itália, tiveram o seu início em 1977, com a assinatura de um Memorando que institui a Comissão Bilateral, então Comissão Mista de Cooperação, ao que se seguiram a subscrição de vários outros instrumentos jurídicos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA