IRSE apresenta Manual de Procedimento as empresas pública e privadas

CENTRAL TÉRMICA DE ENERGIA ELÉCTRICA (Foto: Rosário Santos)

O Instituto Regulador do Sector Eléctrico (IRSE) fez quinta-feira, em Luanda, a apresentação, recolha e discussão alargada dos contributos ao Manual de Procedimentos do Operador do Sistema (MPOS) as empresas públicas e privadas que operam em Angola na electricidade, apurou hoje, sexta-feira, à Angop de fonte oficial.

CENTRAL TÉRMICA DE ENERGIA ELÉCTRICA (Foto: Rosário Santos)
CENTRAL TÉRMICA DE ENERGIA ELÉCTRICA (Foto: Rosário Santos)

O coordenador do Domínio de Operação e Operacionalização de Sistemas, do Departamento de Fiscalização Técnica e Qualidade de Serviço do IRSE, Bartolomeu Fernandes, que prestou esta informação, indicou que o MPOS visa o estabelecimento de critérios de segurança e funcionamento que devem aplicar-se a operação do sistema eléctrico angolano, na elaboração e execução das normas de segurança, tendo como objectivo a garantia da continuidade do estabelecimento de acordo com os níveis de segurança e qualidade requeridos.

Acrescentou, que o manual foi elaborado dentro do Programa de Transportação do Sector Eléctrico (PTSE), em que o IRSE em consonância com a Rede Nacional de Transporte de Energia (RNT), tem vindo a coordenar encontros após receber contributos da Prodel, Ende e DNEE, no sentido de enriquecer o documento e merecer consenso entre todos os agentes.

O encontro realizado foi presidido pelo Administrador para a Área Técnica do Instituto Regulador do Sector Eléctrico (IRSE), José Quarta, na presença das três novas empresas públicas, a Prodel, Ende e a Rnte, para além da Biocom, Inotec, Aggreko, Luxervisa, Electromontagem, Era, todas privadas. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA