Imigrante coloca o filho à venda na internet para comprar casa na Rússia

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Um imigrante cazaque tentou vender na internet seu filho de 3 anos para comprar uma casa na Rússia, informou nesta segunda-feira o Comité de Investigação russo.

Procedente do Cazaquistão, ex-república soviética da Ásia Central, este homem de 24 anos que vive na região de Lipetsk (500 km a sudeste de Moscovo) “decidiu vender seu filho de 3 anos” por 1,5 milhões de rublos (23.800 euros) e “publicou um anúncio na internet”, segundo o comunicado.

Detido por polícias que se fizeram passar por potenciais compradores, disse que queria encontrar bons pais para seu filho, cuja mãe deixou a família há um ano, segundo a mesma fonte.

O jovem, que pode ser condenado a dez anos de prisão, “pensava em comprar uma casa com o dinheiro que ganhasse da venda do filho”, segundo o comunicado. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA