Igreja deve transmitir mensagem de pacificação e reconciliação

Reverendo da Igreja Missão Cristã da Reconciliação de Angola, Eurico Ricardo (Foto: Henri Celso)
Reverendo da Igreja Missão Cristã da Reconciliação de Angola, Eurico Ricardo (Foto: Henri Celso)
Reverendo da Igreja Missão Cristã da Reconciliação de Angola, Eurico Ricardo (Foto: Henri Celso)

O reverendo Eurico Ricardo, da Igreja Missão Cristã Evangélica de Reconciliação em Angola (MACERA) disse que o povo angolano necessita de uma mensagem de pacificação e reconciliação, para unir as famílias desestruturadas devido a guerra.

Falando hoje (terça-feira) no culto de acção de graça realizado no âmbito evangelização e pacificação dos espíritos e saudar os 40 anos de Independência Nacional, a assinalar-se dia 11 de Novembro próximo, o reverendo sublinhou que a paz, reconciliação e reconstrução nacional são os grandes sinais da pacificação dos angolanos.

O reverendo acrescentou que um dos desafios da sua missão é levar o evangelho de pacificação dos espíritos ao povo que esteve desavindo durante muito tempo.

Disse que os cristãos e a juventude principalmente devem mudar de mentalidade de forma a absorver os valores morais e culturais que vão se perdendo, em função de outras culturas.

O líder religioso adiantou que a sua igreja tem trabalhado na mobilização dos fiéis para salvaguardar os princípios bíblicos e contribuir para a pacificação dos espíritos entre os angolanos e na transmissão de mensagens junto da sociedade para que se pratiquem os mandamentos bíblicos.

Participaram nesta cruzada de evangelização, cristãos de diversas comunidades afecta a essa missão e o pastor Guy Daniel, da República Democrática do Congo.

A Missão Cristã Evangélica de Reconciliação em Angola, cuja sede se localiza no município do Cazenga, em Luanda, é reconhecida pelo Estado angolano, desde 2002, e tem pregado uma mensagem de pacificação e reconciliação. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA