Huíla: MPLA esclarece militantes sobre tarefas essenciais para os próximos tempos

HUÍLA: VIRGÍLIO DE FONTES PEREIRA (Foto: Morais Silva)

Lubango – O presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, Virgílio de Fontes Pereira, apresentou hoje, no Lubango (Huíla), aos militantes desta formação política o plano de tarefas essenciais no quadro dos próximos desafios eleitorais.

HUÍLA: VIRGÍLIO DE FONTES PEREIRA (Foto: Morais Silva)
HUÍLA: VIRGÍLIO DE FONTES PEREIRA (Foto: Morais Silva)

Em declarações à imprensa, após o contacto com as principais estruturas do partido ao nível da província, disse que, em relação as eleições gerais e autárquicas, o plano foi aprovado por unanimidade sob proposta do MPLA .

Esclareceu que as legislativas são da competência do Parlamento, apesar de as tarefas do domínio administrativo, técnico e organizativo serem preparadas e realizadas pelo Executivo.

“As tarefas estão relacionadas com o cadastro geodésico, organização das circunscrições, delimitações territoriais e organização dos cidadãos, visto que para as eleições autárquicas é preciso definir o conceito de cidadão residente, pois é o único que pode votar, dai que estamos a explicar aos nossos militantes”, realçou.

Virgílio de Fontes Pereira encontra-se desde a manhã de hoje na província da Huíla em visita de dois dias, enquadradas no âmbito das deslocações dos deputados aos municípios para contactar o eleitorado do MPLA e as estruturas do partido.

“Passamos  a mensagem das tarefas que temos a realizar para  que as eleições, quer gerais, como autárquicas quando forem convocadas possam ser bem realizadas  de modo sustentável, livres e de  satisfação do interesse da nossa democracia”, acrescentou.

O programa reserva para hoje a realização de visitas à capitação de água da Senhora do Monte,  obras do troço Milénio, Circular do Lubango, a entrega de títulos  de concepção de terrenos  aos autóctones  e beneficiários da  zona da Figueira, inauguração do mercado do Rio Nangombe  e a realização de uma assembleia de militantes. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA