Huíla: Mais de 130 partos na maternidade “Irene Neto” em dois dias

Maternidade (Foto: Angop)

Lubango – A maternidade central do Lubango “Irene Neto” realizou com sucesso, em dois dias, 139 partos, de um universo de 181 mulheres que procuraram assistência naquela unidade.

Maternidade (Foto: Angop)
Maternidade (Foto: Angop)

Segundo a supervisora da área de internamento daquela unidade hospitalar, Isabel Chindele, que prestou a informação segunda-feira, à Angop, desde número, 87 são meninos, sendo que 25 partos foram por cesariana.

Afirmou que foram registados nove nados mortos e não houve o registo de mortes maternas, pelo que considerou normal o trabalho desenvolvido.

Isabel Chindele sublinhou o internamento de 181 gestantes diagnosticados com malária e hipertensão arterial.

Sobre os nados mortos, disse que as mães no período de gestação furtaram-se as consultas pré-natais, situação que tem resultado em complicações no momento do parto.

Aconselhar as mulheres grávidas a aderirem as consultas pré-natais para garantirem a saúde dos seus bebés, evitando antes e durante o parto.

A média diária de partos na maternidade do Lubango é de 50.

A Maternidade “Irene Neto” labora com mais de 200 trabalhadores entre médicos, enfermeiros, pessoal de apoio e administrativo. Tem uma capacidade instalada de 280 camas. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA