Hillary Clinton pedirá em Miami fim do embargo a Cuba

(AFP)
(AFP)
(AFP)

A pré-candidata democrata à Casa Branca e ex-secretária de Estado Hillary Clinton reafirmará na próxima sexta-feira o pedido para que Washington suspenda o embargo a Cuba, durante discurso que pronunciará em Miami, onde vive a maior parte da grande comunidade cubana nos Estados Unidos.

A equipe de campanha anunciou que Clinton discursará às 15H00 GMT na Universidade Internacional da Florida.

Hillary Clinton, chefe da diplomacia americana entre 2009 e início de 2013, já havia declarado publicamente sua posição a favor da normalização das relações com a Ilha, mesmo antes da aproximação anunciada em Dezembro pelos presidentes Barack Obama e Raúl Castro.

A hoje pré-candidata também já defendia a suspensão do embargo económico imposto em 1962 contra Havana.

“Ao se aproximar o fim da minha gestão (no departamento de Estado), pedi ao presidente Obama que revisse o embargo, que não cumpria com sua função e bloqueava nossos projectos na América Latina”, escreveu Hillary em suas memórias, publicadas em 2014.

“O embargo é o melhor amigo de Castro, ele dá a Castro uma desculpa para tudo”, disse Hillary em Junho de 2014 ao Council of Foreign Relations.

A comunidade cubana do estado da Florida constitui um grupo eleitoral muito influente e cortejado pelos políticos, e muitos de seus integrantes são fervorosos anticastristas. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA