Grécia formaliza novo pedido de ajuda ao FMI

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O ministro grego das Finanças, Euclides Tsakalotos, pediu oficialmente uma nova ajuda ao Fundo Monetário Internacional (FMI), em mais um passo nas negociações para um resgate da Grécia – de acordo com uma carta publicada nesta sexta-feira.

“Queremos informá-los de que solicitamos um novo crédito ao FMI”, escreveu Tsakalotos em mensagem destinada à directora-geral da instituição internacional, Christine Lagarde.

Na carta, Tsakalotos recorda os compromissos assumidos pelo seu país para implementar uma série de medidas, com o objectivo de acertar as finanças públicas e impulsionar o crescimento.

O pedido é enviado em meio às negociações para que a Grécia consiga seu terceiro plano de resgate.

Enquanto Atenas tem concretizado as etapas do acordo, especialmente duas votações no Parlamento, ainda falta decidir sobre a ida dos representantes da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu (BCE) e do FMI ao país.

Hoje, a Comissão Europeia anunciou que a equipe de representantes dos credores, encarregados de fazer uma avaliação da economia grega e que não viajam ao país há quase um ano devido à crescente hostilidade em relação à “troika”, é esperada em Atenas “nos próximos dias”.

Uma fonte do governo grego havia dito que a chegada dos representantes dos credores deveria ser concretizada até esta sexta-feira.

“A missão está em etapa de preparação”, disse uma fonte próxima às negociações.

“Ainda se discute o lugar (do encontro), visto que é preciso encontrar um que seja acessível, perto dos ministérios”, ressaltou a fonte.

Outra fonte consultada pela AFP mencionou “problemas logísticos”.

O que está em jogo nesse novo ciclo de reuniões é a finalização, até, no máximo, 20 de Agosto, do terceiro plano de ajuda à Grécia, cujo princípio foi aceito em 13 de Julho pela zona do euro e pelo governo grego.

Com os cofres vazios, a Grécia deve reembolsar mais de 3 biliões de euros ao BCE em 20 de Agosto e mais 1,5 bilião de euros ao FMI em Setembro.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA