Georges Chikoti defende nova visão para a CPLP

Georges Chikoti, Ministro das Relacções Exteriores (Foto: Pedro Parente)
 Georges Chikoti, Ministro das Relacções Exteriores (Foto: Pedro Parente)

Georges Chikoti, Ministro das Relacções Exteriores (Foto: Pedro Parente)

O ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, defendeu hoje, sexta-feira, em Dili, Timor Leste, que a nova visão estratégica da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa(CPLP) deve continuar a balizar-se em três pilares fundamentais que norteiam a organização, dentre as quais, a concertação político-diplomática.

Uma nota de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, chegada hoje, sexta-feira, à Angop, indica que Georges Chikoti fez esta alocução quando participava na XX Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP que teve como tema: «A Nova Visão Estratégica da CPLP».

Na sua intervenção, o ministro referia-se a concertação político-diplomática, visando a promoção e a defesa da paz e segurança internacionais, bem como o reforço da participação da CPLP nos fóruns internacionais.

“ A cooperação, em todos os domínios que incidam na melhoria das condições de vida das nossas populações e no desenvolvimento sustentável dos nossos países, assim como a promoção e difusão da Língua Portuguesa, através de programas de acção desenvolvidos pelo Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP)”, também mereceram o encorajamento de Georges Chikoti.

Para o ministro, é necessário um esforço de todos os Estados membros e dos Observadores Associados, para que a CPLP seja uma organização internacional adaptada a nova realidade ocorrida na estrutura geopolitica mundial.

No culminar da reunião, os participantes aprovaram um comunicado final onde os ministros consideram que a globalização gera desafios e oportunidades para a criação de sinergias que podem potenciar a complementaridade económica e a liberalização dos mercados no espaço da CPLP.

Destacaram ainda a necessidade de estimular os negócios, quer entre os agentes económicos da organização, inseridos em diferentes espaços regionais, quer destes com agentes económicos de fora do espaço da comunidade.

Os ministros insistiram sobre a necessidade de acelerar a aplicação dos Acordos de Brasília e dos Acordos de Concessão de Vistos para Estudantes Nacionais dos Estados-membros da CPLP e sobre a Cooperação Consular entre os seus Estados-membros, com vista a facilitar a circulação de pessoas no espaço da CPLP, etapa fundamental para tornar a Comunidade um espaço de afirmação da cidadania.

Registaram com agrado, os esforços empreendidos pelas autoridades timorenses para a abertura da Representação da CPLP, em Dili(dia 23 de Julho de 2015), que contribuirá para o reforço das relações entre a organização e Timor-Leste, através da realização de actividades no âmbito dos pilares da organização, com especial enfoque na promoção da diversidade cultural da comunidade.

Os participantes regozijaram-se com a eleição de Angola como membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas para o biénio 2015-2016.

Os ministros apelam que passados 70 anos sobre a criação da Organização das Nações Unidas (ONU) e 10 anos sobre a adopção do Documento Final da Cimeira Mundial de 2005 haja uma reforma urgente do Conselho de Segurança, bem como se deve intensificar os esforços para o alargamento do Conselho de Segurança nas categorias de membros permanentes e não permanentes.

Saudaram Angola pela presidência em exercício da Conferencia Internacional da Região dos Grandes Lagos e pelo dinâmico e importante papel desempenhado em prol da manutenção da paz e estabilidade.

Os participantes a reunião decidiram realizar, sob proposta de Angola, no primeiro trimestre de 2016, em Portugal, país sede, uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros da CPLP, para ajustarem o documento sobre «a Nova Visão Estratégica da CPLP no pós 2015».

Este documento será apresentado na XI Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP que terá lugar no Brasil, em 2016, ano em que se celebra o vigésimo aniversário da sua criação.

A XX Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP foi dirigida pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Timor Leste e, igualmente, presidente em exercício do Conselho de Ministros desta organização, Hernani Coelho. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA