EUA dizem que se Irão não resolver impasses, negociadores devem abandonar conversas

John Kerry (DR)
John Kerry (AP)
John Kerry (AP)

Os Estados Unidos e seus parceiros nunca estiveram tão perto de um acordo com o Irão sobre o seu programa nuclear, mas os negociadores norte-americanos devem voltar para casa se os iranianos não estiverem dispostos a resolver pontos de atrito, disse a Casa Branca nesta sexta-feira.

O Irão e seis potências mundiais deram um prazo até segunda-feira para chegarem a um acordo nas negociações, a terceira extensão em duas semanas.

“O presidente indicou à sua equipe de negociação que deve permanecer em Viena, e eles devem continuar a negociar, desde que as conversas sejam úteis”, disse o porta-voz da Casa Branca Josh Earnest em uma entrevista colectiva.

“E, se ficar claro que o Irão não está interessado em se envolver de forma construtiva para tentar resolver os pontos críticos restantes, então os negociadores devem voltar para casa.”

Earnest afirmou que os prazos não estão guiando as discussões. O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, sugeriu que a paciência de Washington está acabar: “Nós não podemos esperar para sempre”, disse ele a repórteres em Viena. (reuters.com)

por Doina Chiacu e Roberta Rampton

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA