Estado controla um terço dos activos da banca em Angola

(EXPANSAO)
(EXPANSAO)
(EXPANSAO)

No último exercício, o Estado participava em 11 dos 23 bancos a operar no País, controlando activos no valor de 2,3 biliões Kz, o equivalente a 32,8% dos activos de todo o sistema bancário angolano.

O Estado controla cerca de um terço dos activos bancários em Angola através de participações directas e indirectas em 11 dos 23 bancos que operaram no País no exercício de 2014, de acordo com cálculos do Expansão.

No final do ano passado, os activos dos 23 bancos em actividade ascendiam a pouco mais de 7 biliões Kz. O Estado controlava activos de 2,3 biliões Kz, o equivalente a 32,8% dos activos do sistema bancário angolano.

As participações do Estado nos bancos nacionais vão de uns meros 7,7% indirectos no BAI Microfinanças (BMF) até 100% directos no Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA). A Sonangol, com participações em sete instituições, assegura mais de metade das participações bancárias do Estado.

Continue a ler o artigo na edição impressa (do EXPANSÃO) disponível sexta-feira.

(expansao.co.ao)

por Carlos Rosado de Carvalho

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA