Dirigente apela clubes a investirem nas modalidades individuais

HUÍLA: JUKA FERNANDES - PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO PROVINCIAL DE GINÁSTICA (Foto: Angop)

Lubango – O coordenador de educação física e desporto escolar na Huíla, Juka Fernandes, apelou hoje, no Lubango, os clubes no sentido de apostarem nas modalidades individuais, na perspectiva de que as mesmas possam desenvolver.

HUÍLA: JUKA FERNANDES - PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO PROVINCIAL DE GINÁSTICA (Foto: Angop)
HUÍLA: JUKA FERNANDES – PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO PROVINCIAL DE GINÁSTICA (Foto: Angop)

Em declarações à Angop, o dirigente referiu que tais modalidades também podem gerar lucros aos clubes, desde que haja investimento forte, a exemplo de vários países europeus, americanos, asiáticos e até mesmo africanos, que apostam em atletas individuais.

Defendeu maior atenção ao xadrez, ginástica, atletismos, ciclismo e boxe, porque são as que mais facilmente medalham em jogos olímpicos e não só.

Referiu que os clubes de renome apenas apoiam o futebol e o basquetebol, por se tratar de modalidades populares, que atraem mais praticantes, mas envolvem muito dinheiro.

Segundo Juka Fernandes, na Huíla apenas o Desportivo, Benfica e o Sporting do Lubango apostam no atletismo, taekwon-dó, xadrez e boxe.

Explicou que os campeonatos provinciais em modalidade individuais são apenas realizados esporadicamente, devido a ausência de patrocínio, que leva as vezes os atletas a desistirem.

Segundo Juka Fernandes, o desenvolvimento das modalidades desportivas passam necessariamente no envolvimento de todos, e não apenas escolherem aquelas que dão maior rendimento.

Na província existem seis clubes, nomeadamente Benfica do Lubango, Desportivo da Huíla, Ferroviário da Huíla, Sporting do Lubango, Interclube e Desportivo da Chibia. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA