Descartado envolvimento de militares na ocupação de terrenos

Tenente-general Simão Carlitos Wala (Foto: Osvaldo Abreu)
Tenente-general Simão Carlitos Wala (Foto: Osvaldo Abreu)
Tenente-general Simão Carlitos Wala (Foto: Osvaldo Abreu)

O comandante da Região Militar Luanda, tenente-general Simão Carlitos “Wala”, descartou a possibilidade de envolvimento de militares no processo de ocupação ilegal de terrenos, no município de Cacuaco, na capital angolana.

Em declarações à Angop, na sequência da reunião com a administração municipal de Cacuaco, destinada a inteirar-se da problemática da ocupação ilegal de terrenos, o oficial superior considerou de infundadas e falsas as informações que envolvem militares.

Segundo o tenente-general, existe um relacionamento institucional positivo, que permite a observância dos limites dos espaços atribuídos à população, em detrimento da unidade militar existente em Cacuaco.

Entretanto, o oficial instou aos proprietários de terrenos, no sentido de legalizarem os mesmos junto das autoridades administrativas locais, e procederem a denúncia em caso de ocupação ilegal destes por outras pessoas.

O oficial fez-se acompanhar de membros da Região Militar Luanda no município de Cacuaco, onde conversou com o administrador Carlos Alberto Cavukila. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA