Cuanza-Sul: Restos mortais dos ocupantes do helicóptero foram a enterrar

(Foto: Inacio Sabino)
 (Foto: Inacio Sabino)
(Foto: Inacio Sabino)

Os restos mortais dos três ocupantes das seis que se encontravam no helicóptero da Sonair, foram este sábado, a enterrar no Cemitério do Sumbe, província do Cuanza-Sul.

A bordo do helicóptero seguiam o comandante da aeronave, Adão Vasco Fialho, capitão de bordo, José Caetano, regulador de trânsito, Filipe José Tchinduamba, motorista do INEMA, Victor da Costa Semedo e a enfermeira Vitoria Miguel, todos angolanos e o técnico de bordo, Lapeur Frederic, de nacionalidade francesa.

Foram sepultados no Sumbe, Vitória Miguel, Filipe José Tchinduamba, Victor da Costa Semedo, numa comovente e derradeira homenagem em que estiveram presentes entidades governamentais, familiares e população em geral.

Numa mensagem do Governo provincial, lida pelo chefe de departamento do Centro de Documentação e Imagem do Cuanza-Sul,Benevides Oitavo, lamenta-se o passamento físico destes cidadãos e foram enaltecidas “as qualidades dos profissionais que exerceram com zelo e dedicação as suas tarefas”.

Durante as cerimónias fúnebres foram lidas mensagens de condolências da Policia Nacional, do INEMA e da Associação da língua Ngoia. Os restos mortais dos outros três ocupantes foram transladados para Luanda.

As vítimas faleceram dia 2 de Julho, quando seguiam em missão de serviço ao Waco-Cungo, num helicóptero da Sonair, ao serviço do do INEMA. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA