Cuanza Sul: Município do Sumbe ganha nova agência do Banco Atlântico

Edifício do Banco Atlantico (Foto: Inácio Sabino)

Sumbe – O município do Sumbe, capital do Cuanza Sul, conta, a partir de hoje, quarta-feira, com uma agência do Banco Atlântico, cuja inauguração insere-se na estratégia de expansão dos serviços da instituição financeira a todos os municípios do país.

Edifício do Banco Atlantico (Foto: Inácio Sabino)
Edifício do Banco Atlantico (Foto: Inácio Sabino)

Dotado de dois sistemas de pagamento automático, quatro caixas de atendimento, entre outros serviços, a instalação do balcão do Banco Atlântico no Sumbe gerou 11 empregos, sendo seis directos e cinco indirecto.

Na ocasião, o vice-governador do Cuanza Sul para o sector Económico, Franklim Fortunato e  Silva, que presidiu à cerimónia inaugural, adiantou que a inauguração da agência bancária constitui uma mais-valia para a classe empresarial e para os jovens que ganharam o seu primeiro emprego.

Referiu que estamos numa fase da diversificação da economia e os bancos são instituições importantes de desenvolvimento, porque proporcionam à classe empresarial financiamento.

“É preciso que os bancos retiram carga burocrática para que os empresários possam ter financiamento e contribuir para o desenvolvimento da região que dispõe de um grande potencial no domínio da agricultura, pecuária e pesca”, afirmou.

Franklim Fortunato disse esperar que o sector bancário da província possa marcar uma participação activa na dinamização do empreendedorismo, apoio à agricultura e todos quanto queiram investir na região, através da concessão de créditos rápidos e seguros.

Por seu turno, o administrador executivo do Banco Atlântico, Augusto Baptista, disse que a iniciativa visa apoiar o desenvolvimento socioeconómico da província, através da concessão de créditos aos empresários e funcionários públicos.

Referiu que o sucesso de qualquer negocio passa por um trabalho árduo de todos os intervinientes.

O Banco Atlântico conta actualmente com balcões nos municípios do Sumbe e Porto-Amboim. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA