Cuanza Norte: Grupo Omala Veto Veya exibe peças teatrais “Zero é a nossa meta”

Grupo De Teatro (Foto: Angop)

Banga – O grupo teatral “Omala Veto Veya”, da província do Bié, exibiu quarta-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, duas peças teatrais intituladas “Zero é a nossa meta” e “Sinto o cheiro da morte”.

Grupo De Teatro (Foto: Angop)
Grupo De Teatro (Foto: Angop)

De acordo com o responsável do grupo, Dino Santido Quibato, em declarações à Angop, a peça que já foi exibida em sete dos 10 municípios da província, enquadra-se na campanha de sensibilização e educação sobre HIV/Sida e desarmamento da população que a companhia leva a cado no Cuanza Norte desde princípios deste mês.

Salientou que as exibições foram gratuitas e visou aliar a educação ao lúdico com o propósito de consciencializar a população para a necessidade do desarmamento da população civil e da luta contra a pandemia do VIH/Sida, usando os meios audiovisuais por serem mais perceptíveis.

Quanto ao título da peça, Dino Quibato disse ser um apelo à população no sentido de afastar a discriminação dos seropositivos e evitar a associar imediatamente a morte com a seropositividade do individuo.

Apelou a juventude no sentido de continuar a lutar contra os estigmas, de modos a torna-la livre do Vih/Sida.

“Omala Veto Veya” é um grupo teatral da província do Bié, criado em 2003, com o propósito de contribuir na divulgação, educação, informação e sensibilização da população sobre as doenças transmissíveis sexualmente bem como para o desarmamento da população civil.

Desde lá, o grupo tem realizado varias actividades de índole educativo e cultural, destacando-se a exibição de peças teatrais comunitárias nos mercados, escolas, hospitais, unidades militares e policiais. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA