Crianças disputam Nacional de Ginástica no Bié

Bié: atletas de Ginastica disputam modalidade no Bié durante o VII campeonato (Foto: LEONARDO CASTRO)
Bié: atletas de Ginastica disputam modalidade no Bié durante o VII campeonato (Foto: LEONARDO CASTRO)
Bié: atletas de Ginastica disputam modalidade no Bié durante o VII campeonato (Foto: LEONARDO CASTRO)

Oitenta crianças das províncias do Bié, Benguela, Huambo, Namibe, Malanje, Cuanza Norte, Cuanza Sul e Luanda disputam desde sexta-feira, na cidade do Cuito, o sétimo campeonato nacional de ginástica em iniciados e juvenis.

Nos eventos, com duração de dois dias, os ginastas estão a ser submetidos a provas de ginástica rítmica, mãos livres, arcos, massas, corda, fitas e em salto de tumbling, em femininos, masculinos e iniciados.

No acto de abertura do certame, a vice-presidente da Federação Angolana de Ginástica, Elsa Pitra, enalteceuo governo do Bié pelas condições criadas para a realização do evento.

A responsável considerou na ocasião a modalidade como o sinonimo de vida, cultura e desportos, pelo facto de fortalecer a capacidade física e mental dos petizes e não só.

Elsa Pitra garantiu que competições de género serão expandidas em todas as províncias do país, no sentido de incentivar mais crianças a aderirem a modalidade, lamentando na ocasião, a ausência das demais províncias, com exceção a do Bengo e Lunda Norte que, por enquanto não constituíram ainda os seus núcleos.

Disse, a Federação trabalha arduamente no sentido de criar condições para a abertura de núcleos nas províncias em falta, por formas a que nas próximas competições o país se reúna de Cabinda ao Cunene.

Em declarações à Angop, o director provincial da Juventude e desportos no Bié, Jacinto dos Santos José apelou a disciplina e o respeito as diferenças durante as competições, sublinhando que, o Bié tem vindo a se destacar bastante na massificação desta modalidade desportiva.

Recorde-se que o sexto campeonato Nacional de Ginástica foi disputado na província de Benguela, detentor do título. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA