CRD. Libolo dissipa dúvidas a vencer e convencer

Recreativo do Libolo (D.R)

O Recreativo do Libolo continua a vencer e a convencer no Girabola 20915. O campeão nacional, jornada após jornada, está a dissipar todas as dúvidas, se é que ainda existiam, em relação a sua superioridade e regularidade na competição.

 Recreativo do Libolo (D.R)
Recreativo do Libolo (D.R)

A 18ª jornada, disputada no fim-de-semana, confirmou isso mesmo. Ou seja, o campeão, diante do Desportivo da Huíla, fez tudo quase tudo sozinho em campo, pois o opositor não esteve à altura das encomendas.

Frente a um adversário que às vezes cria alguns “arrepios” aos candidatos, os libolenses deram uma lição aos militares da Região Sul (golearam por 5-1) e mantêm a sua posição intacta, sem preocupação de qualquer tipo de pressão, já que continua a manter os quatro pontos de vantagem sobre o Benfica de Luanda (2º colocado) e nove ante o Kabuscorp (3º).

A chama petrolífera, que nas últimas jornadas voltou a iluminar a equipa para o caminho dos triunfos, foi ofuscada pelos polícias que não permitiram correr qualquer risco no 22 de Junho. O Interclube, a efectuar uma boa recuperação sob o comando de Veselim Vesko, travou a caminhada do Petro de Luanda com uma vitória (1-0) que voltou a colocar a equipa novamente próximo do trio da frente.

No Buraco, o Kabuscorp que vinha de dois resultados comprometedores para as suas ambições, renasceu e não permitiu que a Académica do Lobito agudiza-se ainda mais a sua situação na tabela classificativa, conquistando três preciosos pontos que volta animar o despique para o título.

Os estudantes “irrequietos” como são, ainda estremeceram o adversário, mas não tiveram capacidade para manter por muito tempo a ousadia de assumirem o comando e a vantagem no marcador (1-0), acabando por cederem a pressão dos palanquinos, mais esclarecidos, com um plantel forte, mais competitivo e com várias opções. Evandro Brandão marcou os dois golos da reviravolta.

A águia mesmo sem realizar grandes voos está a cumprir com os seus objectivos e está a manter o seu ninho no topo, criando um certo desconforto aos assumidos candidatos e que aos poucos vão se rendendo ante a regularidade de um adversário que se assume como um “off side” na competição.

Depois do susto, devido o desmaio do capitão Gilberto e que mexeu com todos os presentes no estádio dos Coqueiros e não só, dada a gravidade da situação, o Benfica de Luanda teve forças para vencer o Progresso Sambizanga, por 2-1, mantendo a perseguição ao líder Libolo. (jornaldosdesportos.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA