Chade reintroduz pena de morte para punir ‘terroristas’

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O Parlamento chadiano reintroduziu a pena de morte no país, nesta quinta-feira, para punir os autores de atos “terroristas”, no momento em que o território é alvo dos islamitas nigerianos do Boko Haram.

Os deputados modificaram o projecto de lei antiterrorista apresentado pelo governo e substituíram as penas de “prisão perpétua”, previstas no texto inicial para os casos mais graves, por “penas de morte”.

A pena capital havia sido abolida no Chade há cerca de seis meses. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA