Brasil e Peru se unem contra trabalho infantil na Amazônia

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Peru e Brasil começarão em agosto uma campanha na Amazônia para sensibilizar as populações e erradicar o trabalho infantil, anunciou nesta quarta-feira o ministro peruano do Trabalho e Promoção do Emprego, Daniel Maurate.

“O início da campanha será durante o festival Binacional Peru-Brasil, que tem a finalidade de sensibilizar a população da cidade de Iquitos, região Loreto (região norte-peruana), sobre a problemática do trabalho infantil e de promover sua erradicação”, informou o ministro Maurate em coletiva de imprensa.

As autoridades peruanas e brasileiras assinaram um Memorando de Entendimento contra o trabalho infantil nas regiões amazônicas de Loreto e Madre de Dios, enquanto o Brasil agirá em suas zonas de fronteira com o Peru.

A imprensa frequentemente denuncia a presença de menores de idade, sobretudo indígenas, em atividades de mineração ilegal de ouro na Amazônia.

O anúncio foi feito conjuntamente com o embaixador do Brasil no Peru, Carlos Lazary Teixeira, e a diretora da Organização Internacional do Trabalho (OIT) para os Países Andinos, Carmen Moreno.

De acordo com dados do governo peruano, no país, uma em cada quatro crianças trabalha, em um total de 1,6 milhão. No Brasil, de acordo com dados oficiais de 2013, o número chega a 3,1 milhões de crianças. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA