Bispo Afonso Nunes apela jovens a investirem na formação académica

BISPO DA IGREJA TOCOÍSTA, AFONSO NUNES (Foto: Lino Guimarães)

O bispo da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo, Afonso Nunes, exortou esta quinta-feira a todos os jovens a se engajarem nos estudos e a mudarem de conduta de forma a contribuírem para uma Angola mais próspera.

BISPO DA IGREJA TOCOÍSTA, AFONSO NUNES (Foto: Lino Guimarães)
BISPO DA IGREJA TOCOÍSTA, AFONSO NUNES (Foto: Lino Guimarães)

O líder religioso fez este pronunciamento  quando homenageava um grupo de  jovens formados nos graus académicos de mestre e licenciados nos últimos 15 anos e controlados por esta congregação, estimados em mais cem.

De acordo com o bispo Afonso Nunes, “ os jovens da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo devem marcar a diferença em relação aos outros, pois devem em primeiro lugar investir na liberdade espiritual para posteriormente poderem ter desenvolvimento intelectual”.

Na ocasião,  criticou aos jovens que se aliam as manifestações contra as estruturas estatais legitimadas pelo voto popular, realçando que a direcção da congregação que dirige não tolerará  actos do género no seio dos seus crentes.

Afonso Nunes aconselhou, no entanto, a todos os fiéis a servirem de exemplo para toda a sociedade, tanto na conduta como no resgate dos valores morais e cívicos,  cujo comportamento deve ser demonstrado no seio da família, nos locais de trabalho e na igreja.

O líder religioso, que intervinha na gala alusiva ao 15º aniversário do início da seu sacerdócio,  assinalado a 16 de Julho, frisou que a sua missão tem dois objectivos principais o de falar  com a igreja e com o  Estado angolano.

Aproveitou a oportunidade para aconselhar a uma melhor gestão dos bens públicos empregando os montantes financeiros postos a disposição das diversas estruturas em  infra-estruturas que  beneficiem  toda a população.

“Nós queremos formar quadros que saibam empregar bem os fundos postos a sua disposição investindo no abastecimento de água potável, fornecimento de energia eléctrica, construção de estradas, estabelecimentos de ensino a todos os  níveis, entre outros bens”, sublinhou.

O  bispo Afonso Nunes assumiu a liderança da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo  no Mundo a 16 de Julho de 2000 e ao longo de 15 anos trabalhou  no sentido de unir todas as  três facções que a  congregação possuía, expandiu a sua acção a cerca de 20 países  em  cinco continentes e executou uma série de acções sociais com destaque na construção da sua catedral, a aposta no ensino sobretudo a alfabetização  e no sistema de saúde. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA