Bié: Sector reforça actividade no combate ao Vih/Sida

SIMBOLO DA SIDA (Foto: Angop)

Cuito – O sector da saúde no Bié reforçou nos últimos tempos as actividades de combate ao Vih/Sida e outras doenças sexualmente transmissíveis, com a expansão de Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV) nos municípios do interior da província.

SIMBOLO DA SIDA (Foto: Angop)
SIMBOLO DA SIDA (Foto: Angop)

Em declarações hoje, quinta-feira, à Angop o supervisor provincial de luta contra a enfermidade, Adelino Camato sublinhou que, a abertura dos centros, para além de reduzir o impacto da pandemia no seio das comunidades, está também a permitir que se assista condignamente os portadores do vírus da Sida mais próximos das suas zonas de residência.

Adelino Camato frisou que, o reforço consiste em testar de forma voluntária, aconselhar os infectados para aderirem aos postos de saúde, pedir às outras pessoas para não discriminarem o portador da doença, bem como aconselha-las a afluírem aos centros de testagem voluntária, por formas a saberem do seu estado serológico.

Para a materialização do projecto, segundo ele, a província do Bié realiza testes voluntários do Vih/Sida, em 150 salas, 45 das quais abertos em 2013, em diversas unidades hospitalares, acrescentando que, contam ainda com a participação activa do sector da educação, conselho provincial da juventude, autoridades religiosas e entidades tradicionais.

A direcção local da saúde controla actualmente 86 seropositivos de ambos os sexos, que recebem tratamento com anti-retrovirais nos diversos centros de aconselhamento e testagem voluntária a nível da região.

Por forma a garantir uma melhor assistência aos pacientes, a instituição capacitou este ano vários enfermeiros em matérias ligadas ao Sida e outras infecções transmissíveis sexualmente. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA