Bié: Problemática do VIH/sida deve merecer maior divulgação

BIÉ: MEMBROS DO COMITÉ PROVINCIAL DE LUTA CONTRA A SIDA (Foto: Angop)

Cuito – Os membros do comité provincial de Luta contra o VIH/sida no Bié, instaram nesta quarta-feira, no Cuito, os órgãos de comunicação social públicos e provados, no sentido de ampliarem cada vez mais a divulgação sobre a problemática do VIH/sida, por formas a despertar as comunidades sobre o perigo da doença.

BIÉ: MEMBROS DO COMITÉ PROVINCIAL DE LUTA CONTRA A SIDA (Foto: Angop)
BIÉ: MEMBROS DO COMITÉ PROVINCIAL DE LUTA CONTRA A SIDA (Foto: Angop)

A informação vem expressa no comunicado final do segundo encontro do comité provincial de Luta contra o Sida no Bié, chegado hoje, à Angop.

Os órgãos de comunicação social, lê-se na nota, devem continuar ajudar o governo na mobilização da população para aderirem aos Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntaria (CATV), para saberem do seu estado serológico.

O sector da saúde no Bié, revela o documento, durante o primeiro semestre de 2015, foram testados mais de 28 mil pessoas entre gestantes, crianças e adultos, sem no entanto adiantar os casos positivos.

De salientar, em 2014, o sector da saúde, diagnosticou mil 50 novos casos de VIH/Sida positivos nas unidades sanitárias e Centros de Aconselhamento e Textagem Voluntária “CATV” na província do Bié, mais 572 em relação ao mesmo período anterior.

No período em causa, foram testadas 63 mil 513 pessoas, na sua maioria mulheres, bem como notificou-se a morte de um doente com a mesma enfermidade.

Na província do Bié, realiza-se a testagem do Hiv/sida em mais 130 unidades hospitalares, entre hospitais e Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntario (CATV).

A província do Bié, contra uma população estimada em 1.338.923 habitantes, distribuídos em nove municípios, e 30 comunas. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA