Benguela: Deputada apela contenção nas despesas públicas

Serafina Miguel Pinto - Deputada a bancada parlamentar do Mpla (Foto: Joaquina Bento)
Serafina Miguel Pinto - Deputada a bancada parlamentar do Mpla (Foto: Joaquina Bento)
Serafina Miguel Pinto – Deputada a bancada parlamentar do Mpla (Foto: Joaquina Bento)

A deputada da bancada parlamentar do MPLA Serafina Miguel Pinto apelou sexta-feira, aos membros do Conselho de Auscultação e Concertação Social da Ganda (Benguela), a necessidade de fazer contenção nas despesas públicas ou individual com base nas prioridades das acções e projectos estruturantes a executar este ano.

Falando num encontro com os membros do conselho, a deputada disse que a actual crise financeira do país, na sequência da queda do preço do barril do petróleo obrigou Assembleia Nacional a revisão do Orçamento Geral do Estado, daí esta medida.

Serafina Pinto disse que o encontro serviu para recolher informações úteis baseadas em pacotes dos projectos a desenvolver localmente, no sentido de enquadrar no plano do OGE previsto para 2016.

“É preciso recolher melhores informações sobre o andamento dos programas concebidos pelo Executivo”, disse a responsável, tendo realçado a estratégia do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, na busca de ajudas e parcerias junto de outras instituições de países amigos como China, EUA, França e Itália, com vista atenuar esta crise.

Destacou a preocupação do Presidente da República, em busca de soluções para o bem-estar social dos angolanos, tendo lamentado informações de alguns círculos políticos e sociais que condicionam a pedido destas ajudas que na óptica da deputada do MPLA, é normal para quem não tem que recorrer a auxílios de outros.

Os membros do Conselho na Ganda, foram informadas sobre o plano de tarefas essenciais da preparação e da realização das próximas eleições gerais e autárquicas que mereceu consenso e aprovação na Assembleia Nacional.

O processo de massificação do registo civil e atribuição do bilhete de identidade aos cidadãos até 2016, plano de actualização do registo eleitoral até Março do próximo ano, lei de organização da administração local do estado, poder tradicional e um conjunto de tarefas para desenvolvimento do país, foram outros assuntos abordados.

A deputada que efectua uma visita de três dias ao município, reuniu-se também com a Direcção do partido para inteirar -se da actual situação sócio político e económica do município. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA