Bengo: Escritor Moichele Katonhe lança “Praia Vermelha” no final do mês

BENGO: CAPA DO LIVRO DO ESCRITOR MOICHELE KATONHE (Foto: João Wassamba)

Caxito, o escritor Moichele Katonhe vai apresentar no final deste mês, no município do Icolo e Bengo, província de Luanda, a sua sétima obra literária intitulada “Praia Vermelha do Icolo e Bengo ao Rio de Janeiro”, revelou o autor.

BENGO: CAPA DO LIVRO DO ESCRITOR MOICHELE KATONHE (Foto: João Wassamba)
BENGO: CAPA DO LIVRO DO ESCRITOR MOICHELE KATONHE (Foto: João Wassamba)

Em declarações quarta-feira, à Angop, o autor afirmou que a obra dividida em seis capítulos é de ficção narrativa não obstante estar baseado em acontecimentos reais, como também desperta as famílias que têm filhos no exterior a estudar como bolseiros a apoia-los, de forma a não passarem dificuldades.

Referiu que a obra aborda factos reais vividos na República Federativa do Brasil como bolseiro e a sua convivência no município de Icolo e Bengo, onde destaca a humildade e a persistência como bases de desenvolvimento de qualquer pessoa.

O livro retrata ainda a odisseia de dois jovens bolseiros que com determinação superam as vicissitudes a que foram submetidos, com maior incidência a falta de alocação de subsídios para a sua sustentabilidade.

Segundo o autor, o livro procura identificar e destrinçar os grupos existentes de jovens estudantes bolseiros no exterior, deparando-se com famílias com poucos recursos financeiros, abastadas e pobres, que por si mesmo conseguiram formar-se e regressarem a Angola para darem o seu contributo na sua reconstrução.

Nascido a 10 de Fevereiro de 1958, em Luanda, Moichele Katonhe (pseudónimo literário de Moisés António) tem publicado seis obras com destaque a “Prevenção Contra Minas Terrestres” em 2007, “Gritos Surdos e Outros” em 2008, “Transparência I apontamentos sobre Inspecção e Auditória Interna”, 2009, “À Luz do Contraste” 2010, “Dicionário Militar” em 2011 e “Estórias e Crónicas” em 2012. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA